O efeito das ofertas erradas em supermercados

O efeito das ofertas erradas em supermercados

Em 2015, a quantidade de ofertas nos supermercados aumentou bastante, tanto que segundo estudo da Nielsen, 52% dos varejistas reduziram seus preços por um período de tempo. Embora seja muito utilizada pelo setor para atrair público e elevar as vendas, essa estratégia pode não levar aos resultados desejados se alguns cuidados não forem tomados pelo varejo e o fornecedor.

Você sabe quando é mais vantajoso para o varejo reduzir os preços ou oferecer packs?

De acordo com Tatiene Vale, analista de mercado da Nielsen, os produtos adquiridos por impulso são os que mais chamam atenção no momento das ofertas, então são eles que devem ter seus preços reduzidos. Por outro lado, quando o cliente compra produtos rotineiros e essenciais, como itens de higiene e limpeza, uma alternativa para as ofertas é apostar em embalagens econômicas e promopacks. Entenda melhor com o nosso Ebook – Crie ofertas de valor.

Qual o impacto das ofertas na vida dos brasileiros atingidos pela crise?*

• Quase metade dos consumidores (46%) afetados pela crise econômica esperam ofertas no varejo para adquirir produtos.

Cerca de 1/3 dos consumidores tem feito compras maiores no atacarejo para tentar reduzir gastos mensais.

Grande parte das pessoas vêm recorrendo à tecnologia para pagar menos, fazendo, por exemplo, pesquisas de preços.

• Entre as pessoas que trocaram de marcas nos últimos meses para economizar, mais de 50% não deseja voltar a consumir a marca anterior.

*Dados de acordo com a pesquisa Perspectivas 2016, da McKinsey.

O que deve ser evitado para que não haja erros nas ofertas?

1- Quantidade e tipos de promoções incoerentes (produtos da mesma categoria ou muitos itens em promoção com pouco desconto, por exemplo).

2- Negociação ineficiente dos compradores com a indústria.

3- Preços errados dos produtos em promoção (erros de digitação, falta de pesquisa nos concorrentes, etc.).

4- Projeção de vendas mal estimada (causa excesso de estoques ou ruptura).

5- Disposição mal organizada das ofertas no tabloide.

E qual o real efeito das ofertas erradas no varejo?

Os principais efeitos dos erros que os supermercados cometem são que com isso não conseguem aproveitar ao máximo o que as ofertas poderiam lhes dar de resultado e consequentemente o retorno financeiro poderia ser maior. Além disso o erro nas ofertas ocasiona um desperdício de tempo de todos os envolvidos na sua criação.

O que é importante na hora de elaborar uma oferta?

Em geral o mais indicado é baixar os preços de forma coordenada, considerando o posicionamento de cada marca do portfólio dos fabricantes e do próprio varejo. Por isso, é essencial que cada varejista entenda o papel do produto na categoria e qual a melhor forma de realizar os reajustes, visando minimizar aos impactos para o consumidor. Veja o que é importante na hora de elaborar uma oferta.

Fonte: http://www.sm.com.br/detalhe/ofertas-erradas-potencializam-prejuizos-na-crise?utm_source=akna&utm_medium=email&utm_campaign=NEWSLETTER+SM_20160407

Fonte: http://www.sm.com.br/detalhe/quase-metade-dos-brasileiros-espera-oferta-para-comprar