Novas tecnologias para o varejo

Novas tecnologias para o varejo

A Bluesoft, desenvolvedora de sistemas para redes varejistas de médio e grande porte, acaba de lançar mais um e-book : Principais Tendências Tecnológicas para Supermercados – edição 2017. O livro em formato digital foi escrito por André Faria Gomes e traz cerca de 20 tecnologias que vêm sendo adotadas por supermercados e outros varejistas ao redor do mundo. Mostramos abaixo alguns deles que achamos que você se interessaria.

Pagamento via celular

Cerca de 500 milhões de usuários fazem seus pagamentos no varejo através de celulares ao redor do mundo. A estimativa para o ano de 2017 é que 70% da população americana adote essa prática. Entretanto, no Brasil o pagamento pelo celular ainda é tímido.

Um exemplo de sucesso é o Starbucks que já disponibiliza no Brasil seu programa de fidelidade. O aplicativo permite pagamentos antecipados (como se fossem pré-pagos) associados com brindes e cortesias.

Personalização de oferta e cupons

Através da análise das tecnologias de big data é possível conhecer os hábitos dos seus cliente. Assim, trocar o marketing de massa para um mais direto e personalizado, e consequentemente mais eficiente.

E-commerce e web-pickup

Trata-se da utilização das compras online, e o web-pickup, onde o usuário compra online e retira na loja física. É uma tendência devido a praticidade. Além disso, tem custos menores para os varejistas, evita filas e demoras e torna o processo mais rápido

Preços e disponibilidade online

Segundo pesquisas, aproximadamente  37% dos consumidores pesquisam e comparam preços na internet antes de ir comprar. Logo, disponibilizar seus preços online auxilia na decisão do comprador, além de permitir o varejista monitorar seus concorrentes.

Experiência continua – omni channel all line

Resume-se em garantir que não exista diferenças entre lojas físicas e online, associando e complementando as experiências para que elas sejam combinadas e integradas,  incluindo também as  mídias sociais.

Agilidade no checkout

Com a constante busca pela praticidade, tornar o checkout cada vez mais ágil é uma necessidade, e o auxilio da tecnologia é essencial.  O intuito final é facilitar o pagamento e a retirada do produto.

Tour virtual e localizador de produto

Foi lançada no Brasil uma ferramenta que permite um tour pelo estabelecimento antes mesmo de sair de casa, permitindo que o cliente descubra em qual corredor está o produto dentro da loja.

Nuvem e Software como serviço

Além da praticidade, o armazenamento das informações na nuvem acaba saindo mais barato. O software é vendido como um serviço e não como um produto, de forma que, em vez de comprar licenças de uso, você paga apenas uma mensalidade para utilizar o software.

Totens de informações

São espalhados tablets pela loja para que o consumidor possa escanear o código de barra do produto para ter maiores informações sobre o item.  Foi feito o teste e visto 56% de  aumento das vendas.

Etiquetas eletrônicas e Gôndolas Inteligentes

Em prol da praticidade foram criadas também etiquetas eletrônicas para que os preços possam ser alterados com mais agilidade e repassados para o caixa. Além disso, com o intuito de facilitar o processo de reposição foram criadas gondolas inteligente que avisam o funcionário quando há falta de produtos nas prateleiras.

Wi-fi para clientes

A experiência dentro da loja já pode permitir acesso em tempo real a informações da internet assim como pedir assistência pessoal da equipe, criar uma experiência de compra personalizada que ajuda na fidelização.

Mais Conectividade com Bancos, Fornecedores e outros Parceiros de Negócios

O varejista poderá centralizar todos as suas contas bancárias no sistema. Dessa forma, não vai mais precisar utilizar o site do banco para nada e seus colaboradores não precisam mais ter acesso direto a conta corrente.  Outra vantagem é a poder gerar dados e evitar erros como cadastro de produtos, atrasos e rupturas

Câmeras inteligentes

Sistema de câmeras que mostram quais corredores os clientes mais passaram e aqueles em que poucas pessoas visitaram.  Através dessa informação o supermercadista pode reavaliar a disposição dos itens na loja. Dessa forma ele garante que o cliente esteja exposto a mais itens.

Realidade Aumentada

A intenção dessa tecnologia é poder olhar para o produto e receber todas as informações necessárias, desde preço a dicas e informações nutricionais.

Robôs que fazem auditoria de Presença nas Gôndolas

Se tratam de robôs que andam pela loja automaticamente, checando as gôndolas em busca de produtos em reposição.

Serviço de assinatura de Entrega de Alimentos

Seria a  assinatura de um serviço e receber os produtos em casa. Temos como exemplo a HelloFresh. Toda a semana seus  clientes recebem produtos frescos em suas casas, para preparar receitas exclusivas que são enviadas como sugestão junto com os alimentos.

 

Baixe o ebook completo aqui: https://www.bluesoft.com.br/resources/ebooks/tendencias-tecnologicas-2017/

Fonte: http://www.sm.com.br/detalhe/ponto-de-venda/e-book-lista-20-tendencias-tecnologicas-para-supermercados