Natal no varejo: como ganhar mais dinheiro nessa época?

Natal no varejo: como ganhar mais dinheiro nessa época?

O que representa o natal no varejo?

O natal é uma das épocas que mais movimenta a economia e proporciona vendas no varejo. Um momento familiar e de comemoração, em um período onde muitos recebem seus décimo terceiro salários, altera a rotina de qualquer varejo. Isso exige, por exemplo, a contratação de mão de obra adicional e o foco em vendas de produtos como panetones, bacalhau, azeites, entre outros. Veja como o seu varejo pode se diferenciar e ganhar mais dinheiro nesse período.

Como treinar os funcionários temporários do natal no varejo?

Para atender a alta demanda que acontece no período de natal, muitos varejos precisam contratar mão de obra extra. O serviço oferecido nessa ocasião precisa ser tão bom quanto ou até melhor ao que os clientes estão acostumados no dia a dia e para isso a capacitação é fundamental. Veja como dividir esses treinamentos em três partes pode ajudar na hora de preparar os funcionários:

Fora da loja

O time precisa ter clareza do que acontece do lado de fora da loja. Ou seja, deve entender o mercado no qual está inserido, seus concorrentes e as características, necessidades e desejos dos clientes

Dentro da loja

O time precisa de um saber tudo sobre produtos/serviços comercializados, seus diferencias, vantagens e benefícios. Aqui entram os temas relacionados aos processos internos, forma de pagamento, promoções, estoque, etc. Precisa também reconhecer suas competências e identificar aquelas que precisarão adquirir para ter uma boa performance

É agora

Nesse momento, deve ficar claro como se dará relação entre o lá fora e o aqui dentro. Ou seja, qual a melhor maneira de estar preparado para abordar o cliente, investigar suas necessidades, apresentar seu produto/serviço evidenciando a solução para o problema do cliente, solucionar as possíveis objeções, fechar a venda de forma impactante e fidelizar o cliente

Como vender mais panetone no natal no varejo? 

O principal é escolher a estratégia correta para atingir o público desejado. Elas podem ser:

Um presente barato

Em anos de dinheiro curto, por exemplo, a aposta é que o consumidor comprará panetones para presentear amigos e parentes e assim as grandes marcas criam opções de panetones com um preço baixo, mas um custo benefício alto.

Um pouco mais caro

O brasileiro também costuma a recorrer a kits, que valorizam o presente e não têm alto desembolso. Tentar combinar panetone com champanhe, vinho ou cervejas especiais; panetone e frutas finas; panetone e geleia de menta, por exemplo, são boas opções.

Versões gourmet

Panetones com frutas cristalizadas e chocolate são os preferidos pelos consumidores, porém os tipos mais sofisticados e caros também têm público cativo.

Incentivo a sobremesas

Além do consumo tradicional, vale incentivar o cliente a preparar sobremesas com panetone: pavê com frutas, pudim, etc. Distribua receitas e promova degustação de doces preparados pela confeitaria da loja.

As ilhas com panetones são um chamariz para o consumidor. fique atento para não exagerar na altura, pois os produtos precisam ficar acessíveis aos clientes. a ideia é facilitar a compra. aposte ainda em pontos extras em seções como padaria, chocolates e bebidas alcoólicas

Como vender mais carne no natal no varejo? 

Força nas vendas

As aves especiais e o peru fazem parte da tradição natalina, mas é sempre bom dar uma força nas vendas. Receitas diferentes, degustadas entre os clientes, concurso entre as donas de casa do bairro para premiar o prato mais original e uso de diferentes ferramentas para divulgação dos produtos são algumas iniciativas.

Cortes suínos em alta

Preço menor da carne de porco em relação à bovina e ao bacalhau, estimula o giro desses produtos. Além disso, as associações de produtores têm desenvolvido campanhas para incentivar o consumo, o que tem levado a aumento das vendas.

Picanha não pode faltar

Picanha, fraldinha, maminha, alcatra e costela estão entre os cortes vendidos para churrasco no período. Outros cortes, como cupim e filé mignon, saem menos, mas também precisam ser contemplados no sortimento.

Como vender mais bacalhau no natal no varejo? 

Não pode faltar

Bacalhau seco e salgado é o mais vendido, mas a versão dessalgada tem boa procura graças à sua praticidade. Essa última, somada ao produto congelado, já responde por 30% das importações de bacalhau do país.

Estratégias de venda

Contratar senhoras na faixa dos 50 anos para promover o bacalhau e dar sugestões de preparo, por exemplo, pode elevar vendas em até 35%. Informar a origem e características de cada tipo de bacalhau, oferecer receitas e colocar um funcionário para cortar o bacalhau na área de vendas estimula a compra.

Como vender mais azeite no natal no varejo? 

Sofisticados saem mais

No Natal, o consumidor tende a comprar azeites de melhor qualidade. Vale a pena prestar atenção as versões de maior valor agregado (e a margem).

Exposição ampliada

Para dar conta da demanda, recomenda-se no mínimo dois módulos de exposição. Pontos extras e próximos às carnes natalinas também é uma sugestão.

Como diferenciar o meu supermercado no natal no varejo?

Confira 6 dicas que podem chamar a atenção dos consumidores e fazer com que eles prefiram as suas lojas:

1- Crie uma decoração personalizada de Natal.

2 – Invista em promoções próprias.

3 – Faça uma seleção especial de músicas (não apenas natalinas, mas sim tocantes).

4 – Ofereça algo único (um cartão, uma mensagem, um brinde, etc.).

5 – Crie um visual novo para os colaboradores da sua loja.

6 – Crie listas de sugestões ou gôndolas especiais para promover diferenciais que só você tem.

Fonte: http://www.sm.com.br/detalhe/gestao/bom-treinamento-ajuda-a-vender-mais-no-natal

Fonte: http://www.sm.com.br/detalhe/categorias/espante-a-crise-e-venda-mais-produtos-de-natal

Fonte: http://www.administradores.com.br/artigos/marketing/natal-o-melhor-momento-do-varejo/60499/